Do Chile para o Brasil - Melhor dissendo: para Maricá

Nunca fui muito boa em entrar em pânico, sabendo-se que entrar em pânico resulta em histéria aguda e correria equilibrada. Então nenhum desses dois itens listados anteriormente me definem bem. Acho que o meu entrar em pânico seria sentar e examinar o que está acontecendo depois quem sabe tomar alguma atitude. Sou daquelas que prefere ver a morte chegar ou melhor dizendo encarar a situação, não sou daquelas que corre de alguma coisa pelo contrário sigo enfrente até chegar ao fim. Mas embora a essa minha coragem absurda ou talvez falta de emoções (acho que isso é uma doença e tem nome) eu fiquei chocada e apavorada (e preste atenção, estou em Maricá longe do Chile e muito mais ainda do Haiti) com a situação do Chile, entrei em profundo estado de pânico - palpitação, histéria e uso abusivo da frase: ' O mundo ta acabando.'
Depois daquela trágedia no Haiti me vem essa bem pertinho de casa, foram 795 mortes até agora e isso pode aumentar a cada hora que passa.
Fico pensando, será o fim do mundo?
E pq isso aconteceu?
Será o apocalipse?
Ou só o as mudanças do planeta?
Será que a Terra está pensando em se vingar dos homens?
Jesus está voltando?
O que realmente está acontecendo?
Esse terremoto de 8.8 de magnitude que afetou todo um país e mecheu com algumas cidades de outros não veio só fazer uma visitinha de rotina. Onde vamos, onde todos os habitantes da Terra vão parar?
Debaixo de escombros?
Salve, Salve Planeta Terra e Esperança pra vocês Haiti e Chile.

Chile
Haiti

Terra






                                                                     

2 comentários:

Meire disse...

Dá medo mesmo...e dá uma dor saber que pessoas vivem apavoradas com esse terremoto...é difícil é entrar em pânico tbm, mas como uma situação dessas *-* caraca...mas de tudo melhorar!!! besos

Sílvia disse...

é que é salvé mesmo <3

Sigam - me os bons