Mudando sempre

Sabem eu adoro essa capacidade que o Planeta Terra e o seu povo tem de se adaptar a novas mudanças.
Eu sou basicamente uma amante de mudanças (deu para perceber, meu blog está sempre com um novo formato), mas nem sempre fui assim. Passei a gostar quando me mudei para Maricá isso a uns 5 anos.
Antes eu era totalmente contra a mudanças, resistia ao máximo e no fim acabava cedendo mas com lágrimas e muita dor.
Achava que era uma perda de tempo conseguir novos amigos, uma nova escola, uma nova possição na sociedade se depois de tanto esforço a minha mãe aparecia e resolvia mudar toda a minha vida.
Foi dificil eu confesso me adaptar as mudanças da minha mãe, de casa, de escola, de cidade, de bairro e até de estilo de vida, enfim as doideiras sem limites de uma mulher com seu 40 e todos.
Hoje confesso que é mais facil, me mudo com facilidade, me arrumo em qualquer canto e adoro sempre novas amizades, não que as antigas sejam ruins mas as novas são tão boas quanto. Adoro os novos lugares, a nova faculdade, os novos professores e o meu namorado ( afinal de contas não teria o conhecido se não tivesse vindo para aqui).
A unica coisa ruim dessa história toda é que minha mãe resolveu se aposentar nas suas mudanças drasticas, nas suas vontades loucas de trocar tudo do lugar.
Mas eu? Bom, eu continuo mudando, mudo os moveis do meu quarto de lugar, sempre arrumo novos amigos e visitos novos lugares, mudo de planos o tempo todo, parece até ruim isso mas não é esse é o unico modo da vida ficar em movimento sem sair exatamente da onde você está.

Um brinde as mudanças que nos transformam todos os dias!!! 

Ah! a única coisa que eu não mudo é o namorado a minha vida com ele faz mais movimento do que em qualquer lugar do mundo.

Um comentário:

Raquel Castro disse...

Já dizia Gabriel, o Pensador:

"Muda, que quando a gente muda o mundo muda com a gente."

Pura verdade!

beijão!

Sigam - me os bons