perdoe.

(...)e nós que morávamos um no outro, 
ficamos sem casa. Perdoe a falta de abrigo, 
é que agora eu moro no caminho.

3 comentários:

Gaby disse...

eu posso ser a sua parada... só se quiser descansar, abusar ...

tati disse...

tô assim agora...por ae!

Marcela Alves disse...

todo mundo já passo por isso um dia, quem nunca passo ainda vai passar...

Sigam - me os bons