mergulhar.

O bom de gostar da simplicidade e poder se alegrar com um sorriso, com um abraço, com um olhar. - não necessariamente nessa ordem - Não vale quando você sorrir, ou me abraça, ou me olha; é fato que eu vou estampar felicidade. O ruim de ser transparente e que o outro sempre sabe o que eu estou sentindo e mesmo que eu consiga esconder você acaba descobrindo o mundo onde eu me escondo e me sorrir, desmancha com um sorriso a minha vontade de ir embora, ai você me abraça e tudo o que me assustava vai embora sem ter coragem de voltar e então por fim meus olhos encontram os seus e de repente me da uma vontade de voar de tanta liberdade ... me da uma vontade de mergulhar de tão infinito ... e me tira o fôlego de tão perfeito.

Um comentário:

Confissões de uma borboleta disse...

A entrega envolve duas coisas: risco e supresa...permita-se ousar.
Beijos

Sigam - me os bons