Esperanças ...

"De repente um riso tímido presenteia meus lábios. O dia desperta o mundo que guardo por dentro, uma chance muito pequena – mas chances não se medem – de ser feliz para sempre mais uma vez."





3 comentários:

Ives disse...

Um riso tímido é a raiz para a felicidade! abraços

Confissões de uma borboleta disse...

Chances não perdem...se agarram.
Ainda que o pra sempre, sempre acabe.
Que não arrisca não petisca...rs
Beijos

Gabrielle Braga disse...

Lindo seu blog, mas eu já sigo há um tempo!
Segue o meu também: http://inspiracaodesconhecida.blogspot.com/
Obrigada *-*

Sigam - me os bons