Memórias de um gravador


Introdução 

Em algum lugar onde os pensamentos se dissipam com mais facilidade alguém encontrou uma maneira meio retro de guarda-los durante um dia corrido e cheio novas ideias.
Ela pensou: "Por que não um gravador, além de guarda o que eu penso vai ecoar sem nenhum erro quando eu quiser rememorar."
Então ela entrou em uma loja de quinquilharias olhou bem e procurou com muito cuidado, afinal de contas ela procurava uma coisa especial uma coisa que a faria eterna pelomenos fariam eternos os seus pensamentos esquecido. Depois de tanto olhar lá estava ele, nem novo e nem velho, um pouco descascado e usado já com uma fita dentro porém bom muito bom para o uso de uma menina que tinha problemas com a sua memória.
O fato depois de ter encontrado o sujeito era: Será que funcionaria, seus pensamentos fluiriam de maneira natural sabendo que tinha algo a espreita para grava-los assim que eles começassem a surgi ou eles não queriam ser lembrados por ninguém, nem pela dona deles? 
Então olhando para o gravador ela pensou: "Será que são pensamentos andantes? Além de passarem pela minha cabeça ficam pulando de cabeça em cabeça se agarrando em seus neurônios? Opa! É melhor eu parar por aqui ainda não comprei a pilha e assim vai ser mais um pensamento flutuante, sem volta."
Próximo a loja de quinquilharias estava lá a pilha perfeita para o gravador de memórias.
Pilhas posta e o unico problema agora era: "Qual seria o nome do meu gravador de memórias?"

Confesso que é intrigante saber que os seus melhores pensamentos dependem unicamente de gravador para continuarem vivos, e se a pilha acabar no meio de um pensamento, no meio de um monologo? Qual será o final?
Tem coisas que devem ser loucamente despidas pelo outro, loucamente entendidas e analisadas, tem coisas que todo mundo deve saber e se alimentar delas, mas tem coisas que são particulares só deve ser lembradas por uma pessoa, conhecida por uma pessoa e guardada na memória de um gravador.
Thais Allana Martins
A maioria pensa com a sensibilidade, eu sinto com o pensamento. Para o homem vulgar, sentir é viver e pensar é saber viver. Para mim, pensar é viver e sentir não é mais que o alimento de pensar.  Fernando Pessoa

11 comentários:

Cacheada disse...

Cara, eu tava lendo seu texto, e sem mentira alguma me arrepiei..
com outros blogs abertos algum começou a tocar beirut elephant gun...
cara, aquela musica super lembra los hermanos, não sei, algo na sinfonia...
pqp, e tá super em harmonia com seu texto, até com a foto..
foi uma experiencia muito única, hehehe, adoorei.
não tenho lembranças legais de gravador, eu tinha um quando pequena e meu pai gravava tudo que eu falava, tinha um microfone lindo azul e vermelho, aí uns ladrões assaltaram o apartamento onde viviamos e levaram...
:s

Chico disse...

Que lindo... Sabe, as vezes tenho pensamentos legais, mas se eu não gravar ou escrever naquele momento, em outro eu não consigo lembrar... Acho que esses pensamento voltaram em um determinado momento, não hoje, manhã mas volta... Pelo menos eu acho.

Tava pensando como seria se fosse sonhos? Sonhos que ela esquece, tem uma forma? ou acordaria e e pegava o gravador...


P.S: Acho que essa menina é cheia de sonhos;


hehe

Franck disse...

Que texto com gosto de quero mais e realmente retrô, como dizes, pq viajei e fiquei pensando qdo tinha um desses gravador, ficava horas gravando minha voz, música pelo rádio e por aí...
Obg pela visita e comentário, tbém sigo-a, para n/me perder no caminho de volta! Bj*

Camilinha Brasil disse...

ameeeeeei o seu blog *-*
to seguindoooo
beijooo

Mgomes - Santa Cruz disse...

Ola Menina: Obrigada por Seguir meu blog.Adorei o teu texto tmabem vou seguir teu blog. Há pensamentos de pensamentos,mas o teu é simolesmente lindo.
Um Beijo
Santa Cruz

Sil.. disse...

Thais, eu já te disse que você é uma querida??
Sim você é uma QUERIDAAAAAAAA!!!

E olha...voltei no meu passado, quando tinha um gravador, e gravava durante horas as coisas que me sufocavam.
Era uma fase tão boa. E escrevia diários tbm.
O duro , eram as pilhas rs.
Saudadeeeeeeeeee desse tempo.

Um grande abraço, minha flor!

Vozes de Minha Alma disse...

Querida, e com certeza essas memórias tem que ir junto contigo.
Se recordar é viver, então viverás com elas por toda eternidade!
E há coisas que é melhor que fiquem conosco.
Beijo amiga, te sigo. Seja sempre bem vinda.

Ellen Azevedo disse...

Esse post me fez pensar.
Realmente há momentos em que temos
vontade de guardar alguns pensamentos para sempre.
Pensamentos nossos e de mais ninguém!

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Olá Thais!

Agradeço por estar seguindo os meus"gritos".

Gostei muito de seu estilo doce e firme,sabendo o que deseja passar:"fariam eternos os seus pensamentos esquecidos".

Quantos pensamentos nos vêm à mente e se não os registramos, realmente, se perdem e se voltam nunca são iguais a primeira vez...

Gostei do que li e do que vi...voltarei sempre!

Um beijo!

Sonia Regina.

- disse...

AMEI seu blog.seguindo!
e ant ao texto,adorei!

Charles Roberto disse...

Gostei, parabéns. Seguindo ;*

Sigam - me os bons