você dividiu comigo a sua história

"você dividiu comigo a sua história e me ajudou a construir a minha, hoje mais do que nunca somos dois a nossa liberdade é o que nos prende." J. Quest

confesso que as palavras as vezes demoram a surgir, elas sismam em me faltar justo na hora em que eu tenho um livro pra escrever, um poema para melhorar ou uma homenagem a fazer.
agora não está sendo diferente estou apenas pensando e escrevendo nada com muito êxito apenas tentando definir alguma coisa que vá te agradar.

nem sempre as coisas se tornam como eu quero, as vezes que apenas um texto outras um poema mas tudo sai ao avesso. o meu mundo é assim.
os avessos começaram na minha vida logo cedo, até parece que eu tenho uma quedinha pelo contrário e o contrário uma quedona por mim. tudo meu foi desviado e violado aponto de me forma essa pessoa que hoje você vê e que amanhã talvez não. estou sempre mudando. mudo hoje pra melhorar amanhã.

as minhas mudanças se dão pelas convivências. uma vez eu disse a um amigo que eu tenho o habito de absorver o máximo das outras pessoas o ruim disso é que nem sempre eu consigo separar o bom do ruim. nem tudo é perfeito. a verdade é que isso não me incomoda, pelo contrário me torna mais humana, mais intima de quem está próximo a mim.

o bom do mundo é que ele gira (rs), pessoas vem e vão, pessoas ficam e outras não. sempre achei que quem fica é simplesmente quem nós escolhe para sonhar, quem nós pede pra ficar e viver o que falta. os que se vão já fizeram a sua parte já me acrescentaram algo e eu já lhes dei algo. ainda bem que existem pessoas que ainda precisam de algo que está em mim e eu por sua vez preciso loucamente de algo dentro delas. já disse que não me importo de absorver tudo o que há no outro, aos poucos vou saber lhe-dar melhor com toda essa troca de informação constante.

porventura existem pessoas que parecem que vivem tempos e tempos com agente e não passou tudo, não se entregou em tudo. outras que por sua vez se entregam de corpo e alma que nos alimentam pra sempre.
tive sorte de esbarra com algumas pessoas assim, pessoas que o tempo, o vento, a chuva não podem apagar. alguns são morenos, outros negros, outros brancos e por acaso uma galega. (rs)

é amiga, é de você mesmo que eu estou falando. você é daquele tipo de pessoa inteira, eu sou sua amiga por inteira, sou o seu amor por inteira, sou uma profissional inteira, sou uma mulher inteira. eu me dou inteira.

você é daquelas que troca tudo o que tem pelo outro, pela experiência do outro pra melhor viver a sua. ah, seria ruim eu dizer que te admiro muito? não é força de expressão é verdade. amei muitas amigas, chorei por muitas outras, vivi tudo por algumas mas admirar foram poucas e conto nos dedos só da mão quais foram.

minha vida foi feliz quando te encontrei, foi feita história e você foi agora feita pedaço de mim. e de tudo o que eu vou guardar o mais importante ficou apenas aqui: "amor de verão não sobe serra." só quem viveu tem essa frase gravada na memória.

Egle Vibian, eu amo os seus devaneios.


vamos continuar esse texto?
isso é um convite para novo horizontes ... novos caminhos ... novos encontros ... novos amigos.
eu e você. ah, agnt leva a Ju junto tbm, rs.
quero dividir com vocês a minha história e quero fazer parte por completo da de vocês.
Egle, Eu e Ju

Um comentário:

je_v_t disse...

COM CERTEZA VC FAZ PARTE POR COMPLETO DA MINHA HISTORIA... E SIM EU QUERO CONTINUAR A ESCREVE-LA COM VC!!!!
T ADORO MTO!!!!

Sigam - me os bons